Roni revela exigências de clubes para vender mandos de jogos

Roni revela exigências de clubes para vender mandos de jogos

Roni quase precisou até organizar churrasco para sócios-torcedores de clubes para vender mando de campo (Foto: Photocamera)
Roni quase precisou até organizar churrasco para sócios-torcedores de clubes para vender mando de campo (Foto: Photocamera)

Ex-atacante do Fluminense, Roni hoje atua como empresário. Dono da empresa R7, ele tem trabalhado (e lucrado) com vendas de mandos de campos em partidas pelo Brasileiro e outras competições. Para isso, precisa lidar com muitas exigências dos clubes.

Roni conta que procura fazer de tudo para os envolvidos se sentirem à vontade em mandar jogos longe de sua praça original, algo que também gera críticas dos torcedores.

– Os clubes exigem várias situações: voos fretados, de carreira, hotéis que querem… Então, tudo é tranquilo demais para eles porque a gente procura atender a demanda na medida do possível. Houve uma vez em que quase tivemos de organizar um churrasco para sócios-torcedores de um clube para amenizar a alteração de estádio. Naquela oportunidade, íamos instalar até mesmo telões na sede para eles assistirem – comentou.


Sem comentários