Marcos Felipe salvou o Fluminense no jogo com o Santa Fe (Foto: Lucas Merçon - FFC)

A excepcional atuação diante do Independiente Santa Fe, na vitória do Fluminense por 2 a 1, quarta, na Colômbia, pela segunda rodada do Grupo D da Libertadores, rendeu diversas brincadeiras em relação a Marcos Felipe nas redes sociais. Pelas defesas e frieza no momento de pressão do adversário, ganhou até o apelido de homem de gelo. A alcunha foi aprovada por ele.

— Essas palavras que eu peguei para mim (risos). Gostei bastante, procurei ser o mais frio possível até porque, principalmente depois da expulsão (do Egídio), a gente vivenciou momentos bem pesados. Procurei ser frio para segurar o resultado – disse.

Marcos Felipe fez grandes defesas no segundo tempo da partida e, inclusive, elegeu cabeçada à queima-roupa no finzinho do duelo como a mais difícil.