Humilde, Walter admite: “Não sou de fazer gol de cabeça”

Humilde, Walter admite: “Não sou de fazer gol de cabeça”

walterCinco gols em sete jogos. Destes, dois de cabeça, apesar de admitir não ser se melhor fundamento. Walter tem vivido momentos de pura felicidade no Tricolor. Feliz, o atacante esbanjou sinceridade ao comentar o bom aproveitamento, também, no jogo aéreo.

– Não sou um jogador de fazer gol de cabeça, mas o momento é tão bom que está saindo. Já foi o segundo pelo Fluminense – disse o jogador na saída de campo do Estádio da Cidadania – disse.


Sem comentários