Fred se apresentou bem ao clube na última terça (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Nem o próprio Fred escapou, depois do empate em 0 a 0 com o Atlético-GO, no Maracanã. O artilheiro tricolor chegou a ouvir algumas vaias ao ser substituído no 2º tempo, logo abafadas pelo grito “O Fred vai te pegar”. As vaias ao ídolo, aliás, causaram divergências entre os próprios torcedores, com grupos discutindo entre si, segundo o portal GE.

O time melhorou visivelmente após o intervalo. Mas conforme o tempo ia passando e o placar não se alterava, a ansiedade da torcida, que ainda não comemorou um gol nesta volta do público aos estádios ia aumentando. E as chances desperdiçadas nos acréscimos levaram os tricolores ao desespero. Principalmente com Lucca, outro que não tem muito crédito com os torcedores, e que perdeu chance claríssima no último lance.

Ao fim do jogo, o Fluminense saiu de campo sob os gritos de “time sem vergonha”. Em dois jogos, a ansiedade dos tricolores pelo reencontro após 577 dias se transformou em impaciência pelos maus resultados. E a sequência de sete jogos de invencibilidade deu lugar a um clima de pressão