20063348624_63ef9f2d74_bSão 15 jogos de invencibilidade, 46 gols marcados e apenas quatro sofridos. A equipe Sub-15 do Fluminense se classificou para a segunda fase da Taça Rio da categoria apresentando um futebol bonito e ofensivo, honrando a filosofia de jogo única da base do clube. O trabalho realizado pela equipe de captação de Xerém e pelos integrantes da comissão técnica foram fundamentais para a evolução do time que vem encantando os torcedores.

Dos 11 titulares, quatro jogadores chegaram neste ano e reforçaram um grupo que vinha evoluindo a cada temporada. A captação de atletas de Xerém é uma referência no Brasil, com um grupo de scout profissional que analisa jogadores por todo o Brasil e nos principais centros da América Latina. Os jogadores são captados após uma série de estudos e acompanhamento de jogos. O trabalho é integrado com a equipe principal. A mesma equipe traz jogador para o Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-20.

– Identificamos que era preciso agir na equipe Sub-15 para ajudar na evolução do grupo. A equipe tinha algumas carências e conseguimos captar grandes promessas para fortalecer o conjunto. A chegada de novos valores somada ao grande trabalho realizado pelo técnico Gustavo Leal fez o nosso time apresentar este futebol diferenciado. Certamente vamos colher bons frutos desta geração. Exemplo da nossa evolução é que no início do ano muito se falava da geração 2000 do Flamengo e conseguimos vencer eles dentro da Gávea e no CFZ. Estamos preparando e desenvolvendo o futuro do Fluminense e do futebol brasileiro. Não nos preocupamos apenas com os resultados e com as conquistas. Isso que é bacana desta equipe Sub-15. Você olha e percebe que é um grupo que ainda tem muito a evoluir, mesmo realizando bons jogos – contou o gerente da base Marcelo Teixeira.

O Fluminense conta com avaliadores que tem a função de observar atletas em localidades distintas, porém a seleção para as divisões de base é realizada de diversas outras formas. Uma delas é através da realização de amistosos e participação em torneios com equipes de diferentes localidades, onde os técnicos das equipes do Fluminense selecionam os atletas que mais interessam o clube. Outra forma é através de processo seletivo, no próprio CT, com atletas que desejam ingressar nas divisões de base do Fluminense. O futsal e as escolinhas oficiais do clube (Guerreirinhos) também são importantes ferramentas na captação dos futuros jogadores do time principal Tricolor.

– Por ter um dos melhores trabalhos de base do Brasil, os jogadores querem vir jogar no Fluminense. Isso somado ao trabalho de captação muito forte que temos aqui. A base do clube monitora o Brasil inteiro e países da América Latina. Eles têm uma integração muito forte com as comissões técnicas e trazem atletas pontuais com as nossas características. Quem chega ajuda muito, fortalece tecnicamente e cria uma competição positiva no grupo. Isso faz os nossos atletas se desenvolverem cada vez mais. É um trabalho qualitativo que atende o perfil técnico do clube – disse o técnico do Sub-15, Gustavo Leal.

Confira os 15 jogos de invencibilidade da equipe Sub-15

17/10 – Fluminense 2 x 0 Artsul – CT Vale Laranjeiras
10/10 – Fluminense 3 x 0 Portuguesa – Luso Brasileiro
03/10 – Fluminense 3 x 2 Flamengo – Gávea
26/09 – Fluminense 2 x 0 Botafogo – CT Vale Laranjeiras
19/09 – Fluminense 10 x 0 Friburguense – Eduardo Guinle
12/09 – Fluminense 4 x 0 Friburguense – CT Vale Laranjeiras
05/09 – Fluminense 9 x 0 Bangu – Piranema
29/08 – Fluminense 1 x 0 Vasco da Gama – CT Vale Laranjeiras
25/08 – Fluminense 0 x 0 Botafogo – CFZ
24/08 – Fluminense 2 x 0 Flamengo – CFZ
23/08 – Fluminense 1 x 0 Grêmio Osasco – CFZ
22/08 – Fluminense 2 x 0 CFZ – CFZ
21/08 – Fuminense 2 x 0 Cruzeiro – CFZ
20/08 – Fluminense 4 x 1 Tsukuba-JAP – CFZ
15/08 – Fluminense 1 x 1 Bonsucesso – CT Vale Laranjeiras


Sem comentários