(Foto: Lucas Merçon)

Havia uma clara preocupação da comissão técnica tricolor sobre um possível desgaste da equipe no Clássico Vovô. Isso porque o Fluminense vinha de uma partida intensa de classificatória a mais de 4.000 metros de altitude. No entanto, o que se viu dentro de campo foi um time buscando o jogo, o Flu, e o outro se defendendo, o Bota. O volante Jádson, um dos destaques do time, negou que a viagem tenha prejudicado a equipe e exaltou a garra do time:

– Fizemos uma viagem bem dura, mas vocês viram que nosso time competiu até o final. Independentemente da viagem e do cansaço, ninguém se queixou. Isso mostra o caráter do elenco e temos de continuar assim nos próximos jogos – afirmou o volante em entrevista a Rádio Brasil.

Apesar do sufoco na Bolívia e da derrota doída no clássico, para o volante, o saldo é positivo até aqui na temporada:

– Com certeza. E não digo pelo número de pontos, mas pelas nossas atuações, pela entrega que o time vem tendo. Tanto é que a torcida tem nos apoiado bastante. Veio em bom número, mesmo jogando fora de casa. A torcida é o termômetro do que o time faz dentro do campo. Vê-la nos aplaudindo no fim do jogo já mostra bastante o que temos feito – disse Jádson.