Luciana foi agredida por taxista após discussão no trânsito na última quinta-feira

A jogadora de vôlei do Fluminense Luciana Severo publicou em seu Facebook o relato da agressão que sofreu nesta sexta-feira, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Segundo a atleta, ela foi agredida por um taxista após uma discussão no trânsito. A agressão aconteceu na Rua Prudente de Moraes. Luciana teve o dedo e o nariz quebrados.

“Agredida em pleno dia, na Prudente de Moraes por um taxista. Quebrou meu nariz e dedo, não podendo assim, exercer minha função de trabalho”, escreveu.

Segundo Luciana, a discussão começou quando ela parou o veículo no sinal vermelho.

“Não aguento mais me perguntarem o que gerou isso pois eu nunca o vi, não o conhecia, não o insultei. Apenas parei meu carro em um sinal vermelho e esse cara estava atrás. Ao ficar verde, enquanto eu engrenava a marcha e descia o freio de mão, ele aos berros me insultava e berrava. Eu entrei na rua para ele poder passar e ele começou a me seguir. No outro sinal vermelho, ele parou o carro dele e veio em direção ao meu carro. Ao chegar na porta, abri e desci para ele ver que eu era uma mulher e recebi um soco no nariz que o quebrou e seguiu uma série de golpes!”, disse.