“Jogava por amor à camisa mesmo”, conta Wellerson

“Jogava por amor à camisa mesmo”, conta Wellerson

Wellerson, campeão estadual em 1995

Titular na campanha do título épico de 1995, Wellerson se diz torcedor do Fluminense. A experiência naquele tempo serve para aconselhar seus comandados. Treinador de futebol, o ex-goleiro relembrou os tempos difíceis e o carinho pelo clube.

– Acho que vivi muita coisa e muito rápido. O título do Carioca de 95 foi a melhor situação profissional da minha vida. Lembro que o Aílton colocou a manchete do jornal no armário dele, dizendo que nossos contratados não valiam nem o meião deles (Flamengo). Mas naquela mesma época passamos momentos de dificuldade. Hoje tudo funciona no clube, mas naquela época era só um time de futebol. Cheguei a ficar nove meses sem receber, era amor à camisa mesmo – explicou Wellerson.