(Foto: Mailson Santana - FFC)

As boas apresentações na base do Fluminense, em Xerém, renderam ao jovem Alexsander a convocação para a Seleção Brasileira Sub-18 duas vezes neste ano de 2021.

A primeira delas foi logo no início do ano e a segunda em setembro. Em entrevista, ele relembrou um pouco da emoção ao saber que estava na lista.

– Na primeira convocação eu chorei bastante, eu estava passeando com a minha família. Eu acordei um belo dia com o João Neto me ligando e dizendo que eu havia sido convocado, mas eu não acreditei. Depois eu fui olhar a matéria e vi que o meu nome estava lá. A sensação é indescritível. Muito bom, muita emoção. Fica um sentimento de dever cumprido de estar ali onde todos querem estar. Minha mãe chorou muito e ficou muito feliz – disse.