Foto: Nelson Perez - FFC

Com experiência no futebol italiano, Jonathan morou por quatro anos no país europeu. Vestiu os uniformes da Internazionale e Parma e nas poucas vezes que conversou com Gerson, que está na iminência de voltar à Roma, o orientou a aprender logo a nova língua.

– Converso muito pouco com o Gerson. Eu me dou bem com todos aqui no Fluminense, assim como ele. Mas ele tem uma maior afinidade com os jogadores mais jovens, enquanto eu tenho com os mais velhos. Mas às vezes brincamos com alguma coisa em italiano, mas ele falou que já começou a estudar para quando ele voltar. O italiano não é uma língua difícil, basta você se conscientizar que precisa aprender. Eu demorei mais porque eu não ligava, achava que ia aprender de qualquer jeito – alertou.


Notícias pelo Messenger Notícias pelo Messenger