O jornal francês L’Equipe fez duras críticas ao zagueiro Thiago Silva, do PSG. A publicação questiona o mau momento do atleta brasileiro e faz ironia com o apelido de Thiago, “Monstro”.

Para o L´Equipe, Thiago Silva ainda não se estabeleceu como um verdadeiro líder do PSG, chamando-o de “Capitão Mistério”.

– Ele é o Monstro, o implacável defensor que os italianos do Milan adoravam ou é o Chorão como ficou marcado no Brasil após o papel na Copa do Mundo de 2014? Ele é o capitão incomparável ou o líder que não grita jamais e que nunca passou das quartas da Liga dos Campeões? – escreveu o jornal, lembrando a recusa de Thiago em bater pênalti no Mundial contra o Chile.

A publicação reforça seu descontentamento com Thiago Silva, destacando o longo tempo que o zagueiro usou a braçadeira de capitão do time de Paris.

– Seus quase seis anos no PSG e o recorde como capitão que ele deveria bater deveriam ter sido suficientes para iluminar a personalidade de Thiago Silva. Mas não, o brasileiro continua sendo um enigma, cuja imagem é mais do que nunca complicada, protegido ao máximo pelo clube.