Jornalista corrige informação sobre salário de Cristóvão

Jornalista corrige informação sobre salário de Cristóvão

Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C
Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C

Depois de informar que Cristóvão Borges teria direito a multa de R$ 1,5 milhão e recebia um salário de R$ 480 mil mensais, o colunista da Revista Veja, Lauro Jardim, retificou. Ele pediu desculpas aos leitores em atualização ás 15h14. Confira:

 

“A Unimed saiu, mas o Fluminense continua trocando de técnico e tendo prejuízos constantemente. A saída de Cristóvão Borges na segunda-feira vai gerar uma despesa de 1,5 milhão de reais com o pagamento de multa rescisória. Borges ganhava 480 000 reais por mês.

 

(Atualização às 15h14: o Radar errou e pede desculpas aos leitores. Cristovam receberá apenas 250 000 reais de aviso prévio, o equivalente a um mês de salário do treinador)

Por Lauro Jardim”


Sem comentários