Jorge, quando fora apresentado oficialmente pelo Basel (Foto: Divulgação/Basel)

Com Egídio tendo contrato até o final desse ano e longe de ser uma unanimidade na lateral-esquerda, já que Danilo Barcelos também não goza de muito prestígio com os torcedores tricolores, o Fluminense mirou a contratação do lateral Jorge, ex-Flamengo, e que atualmente pertence ao Mônaco (FRA), mas está emprestado ao Basel (SUI)

O NETFLU apurou que o Tricolor analisou a possibilidade da contratação do atleta, mas o seu alto valor de salário, perto dos vencimentos mais altos do atual elenco do Flu, fez com que a diretoria verde, branca e grená freasse a ideia e recuasse.

A cúpula de futebol tricolor conta com Egídio e Danilo Barcelos, mas entende que a lateral esquerda não gera a confiança que o torcedor gostaria para a posição. Em contato com o site um número um da torcida tricolor, porém, Eduardo Uram, empresário de Jorge, negou que o clube tenha procurado pelo jogador.

No entanto, o NETFLU garante que a possibilidade foi discutida, mas só internamente no clube. Por essa razão, o Fluminense não chegou a procurar o agente.

Jorge tem, atualmente, 25 anos e iniciou sua carreira no Flamengo. Além de Mônaco e Basel, jogou também no Porto (POR) e no Santos.