O lateral da Chapecoense Alan Ruschel, um dos seis sobreviventes do acidente aéreo da última terça-feira (29), diz que só está vivo porque foi chamado para sentar na parte da frente do avião. De acordo com ele, é a terceira vez que Deus lhe salva a vida.

A história foi contada pelo médico Marcos Sonagli, neste domingo. Ruschel já respira sem ajuda de aparelhos e, segundo o corpo médico, está consciente e conversa bastante. O jogador até pediu por um churrasco, porque está com vontade de comer carne.

Ruschel afirma que é a terceira vez que escapa da morte por já ter passado por um acidente de carro em Chapecó, porque lhe foi pedido que mudasse de lugar no avião e porque tem reagido bem após ser vítima de um desastre aéreo.

O médico Marcos Sonagli, ao contar o caso, brincou: se ele tem sete vidas, não precisa gastar as outras quatro.