Léo Moura faz história no futebol brasileiro: aos 41 anos, joga pelo Grêmio e no currículo tem vários títulos, como a Libertadores, o Campeonato Brasileiro e duas vezes a Copa do Brasil. Mas, além de todos os feitos conquistados, o lateral-direito também vê, no momento, o irmão tentar seguir os seus passos na base do Fluminense.

Carlos Daniel tem 11 anos e está na disputa da Taça Brasil Sub-11 de Futsal, em João Pessoa. Na quadra, o garoto atua como ala e no campo joga na mesma função de Léo Moura, mas pelo lado esquerdo.

– Aprendi tudo com ele. Léo é um grande jogador de futebol. Meu irmão é muito bom. Ele dá dicas para jogar e, nos meus treinos, fala na maioria das vezes e também me deu chuteiras de presente – comentou Carlos Daniel.

O pai de Daniel e de Léo Moura, José Carlos, acompanha o garoto na competição na capital paraibana. Ele é o principal incentivador da cria de Xerém e já fez até treinamentos específicos em casa com o filho.