Sem o STJD, Liga criou comissão específica para julgar processos

Sem o STJD, Liga criou comissão específica para julgar processos

marcaprimeiraliga-300x200Fred, do Fluminense, e Léo, do Atlético-PR, foram expulsos na partida de estreia da Primeira Liga. Mas quem julga? Como não se trata de uma competição oficial, o STJD, em tese, não poderá cuidar dos casos. Por isso, a Liga criou uma comissão específica para cuidar dos processos do torneio.

Em seu site oficial, o grupo informa que “O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol será o órgão judicante da Primeira Liga 2016, sendo o responsável pelo processamento das infrações disciplinares derivadas da competição”. Entretanto, a não autorização da CBF para a competição mudou o panorama.  A solução, como prevê o artigo 50 da Lei Pelé, é criar uma estrutura própria.

– Havia uma troca de ofícios entre STJD e Liga confirmando o órgão (STJD) como instância disciplinar da competição. Hoje à tarde fomos informados que o tribunal não poderia atuar. Devido a estas alterações de última hora, a Liga criou hoje (quarta-feira) uma comissão disciplinar que ficará responsável pelo processamento de todas as infrações disciplinares ocorridas na competição – explicou o diretor jurídico da Liga, Eduardo Carlezzo.


Sem comentários