Presença de Luiz Henrique animou a meninada (Foto: Reprodução)

Hoje jogador profissional do Fluminense, Luiz Henrique tirou o domingo de folga para recordar as origens. O atacante prestigiou a escolinha de futebol de Petrópolis na qual começou a jogar. Ele acompanhou torneio realizado no bairro do Anil, no Rio de Janeiro.

— Sempre que eu posso eu acompanho e dou moral para a criançada. Eu fui um deles, sei como é. Sei que eles pensam que eu tive a mesma origem, a mesma dificuldade que eles e cheguei em um time grande, então eles podem chegar também. Sou muito grato a Escola Max e ao treinador Jhonny. Cheguei ao Fluminense graças a ele, faço questão de retribuir esse carinho – disse.

Luiz Henrique chegou sem a intenção de causar alvoroço. A ideia era só dar uma força ao seu ex-treinador, mas a presença empolgou a meninada.

— Eu fui mais pra acompanhar o pessoal da Escola Max, mas chegando lá a criançada toda me reconheceu e pediu foto, os parentes que estavam acompanhando também, a organização me anunciou… Ainda não me acostumei muito com isso, mas é bom. Graças a Deus venho recebendo muito carinho dos torcedores e isso me motiva a seguir trabalhando forte – contou.

Nesta segunda, Luiz Henrique viaja ao Paraguai com o Fluminense. Na terça, tem jogo contra o Cerro Porteño pela ida das oitavas de final da Libertadores.