(Imagem: Reprodução/SporTV)

De saída do Fluminense, a volante Luiza Travassos, da equipe feminina tricolor, concedeu uma entrevista especial à FluTV e contou como iniciou seu amor por jogar futebol. A atleta recebeu força da mãe, que após ouvir um comentário machista, embarcou no sonho da filha.

– Eu assistia e percebia que a gente só via homem. Naquela época, não tinha muito acesso e visibilidade [para o feminino]. Eu sinto que eu não sabia muito que eu podia jogar. Até que eu falei ‘eu quero jogar também’, e de tanto insistir, meus pais tentaram me colocar na escolinha de onde eu estudava, e eles falaram que eu não podia porque era um esporte muito bruto – disse ela, acrescentando:

– Foi aí que o jogo virou, porque minha mãe não aceitou que me falassem o que eu podia ou não fazer. Então comecei a jogar em uma escolinha na praia, com meninas mais velhas – finalizou.