Por ora, luso-brasileiro revela que não pensa em virar dirigente

Por ora, luso-brasileiro revela que não pensa em virar dirigente

deco2De inteligência apuradíssima, quando atuava dentro dos gramados, Deco é o tipo de atleta, em teoria, com perfil para se tornar um dirigente bem sucedido. Entretanto, o jogador afirma que prefere ficar longe da rotina dos vestiários, pelo menos por agora.

– Olha, vou ser bem sincero, agora não. Primeiro, porque quero ter liberdade e um dirigente tem a rotina dos jogadores, algo que não quero ter agora. Estou com viagens marcadas para cuidar de outros negócios meus, que já tinha fora do futebol. Quando faço algo, gosto de fazer benfeito. Sendo dirigente, não teria a liberdade que quero – disse.


Sem comentários