Luxa justifica bronca geral no campo: “Banco de reservas não é missa”

Luxa justifica bronca geral no campo: “Banco de reservas não é missa”

LUXAUma cena bastante corriqueira na partida da última noite, contra o Náutico, foi o técnico Vanderlei Luxemburgo reclamando de seus comandados. Sempre orientando para que se posicionassem da melhor forma possível dentro de campo, ao ser questionado sobre gritaria com os atletas, Luxa foi enfático.

– Treinador não fica no banco de reservas como se estivesse em uma missa. Temos de gesticular, trabalhar e vibrar com a equipe. O resultado foi muito bom. Não jogamos como contra o Corinthians, mas o importante no duelo deste sábado era vencer e conseguimos fazer isso – disse.