Luxemburgo respeita, mas discorda de protestos

Luxemburgo respeita, mas discorda de protestos

Treinador acredita no título da Copa do Brasil
Treinador acredita no título da Copa do Brasil

As manifestações na segunda e na terça-feira desagradaram o treinador do Fluminense. Vanderlei Luxemburgo respeita a liberdade de expressão dos torcedores que protestaram nas Laranjeiras, mas não viu motivo suficiente para tal.

– Eu não quis tocar muito no assunto no dia. Foi uma cosia pacífica, mas não deveria estar lá. Não vi nenhum motivo para estar lá. O que eu reparei foi que nesses movimentos sempre têm movimento de torcida, a gente vê faixa de torcida. Eu vi torcedor do Fluminense, mas não vi nenhuma faixa da torcida dizendo que “somos nós”. Foram torcedores que não se identificaram. A gente respeita, faz parte, mas não jogamos melhor por causa disso. O que Abel queria, o que eu quero é que o Fluminense se recupere e faça um bom campeonato. Teremos duas partidas fora e a Copa do Brasil e entramos nessa competição zerado, com possibilidades – destacou.