Mais humilde, camisa 10 do Olímpia aceita até derrota com gols

Mais humilde, camisa 10 do Olímpia aceita até derrota com gols

 

Salgueiro, o maestro do Olímpia

Ao contrário de Castorino, o meia Salgueiro, camisa 10 e cérebro do Olímpia, adotou um discurso mais humilde em sua chegada ao Rio de Janeiro. O jogador enalteceu a força do time em casa, mas aceitaria até mesmo uma derrota para o Fluminense.

– Viemos para vencer, mas um empate com gols não é ruim. Ou até mesmo uma derrota mínima na qual a gente marque. Em casa temos a nossa força. Será uma partida difícil, mas estamos prontos para encará-los – explicou.