Mais maduro, Walter admite: “Era problemático, gostava da noite”

Mais maduro, Walter admite: “Era problemático, gostava da noite”

Foto: Photocamera
Foto: Photocamera

Walter é aposta pessoal do técnico Renato Gaúcho. A  questão do peso é o que mais deixava torcedores e opinião pública com dúvida quanto ao rendimento do atacante. Ele, porém, afirma que é um novo homem. Tempos atrás, quando atleta do Internacional, confessa que tinha problemas comportamentais e que deixava de jogar para curtir a noite

– Eu amadureci. Quando estava lá, com 18 anos, tinha vezes que via a lista de relacionados para o jogo e pensava: “Putz, meu nome está na lista’’. Não queria ir para o jogo para sair à noite no sábado. Desde que voltei do Porto, meu foco é outro. Com uma filha, as coisas mudam muito. Minha esposa e eu sofremos muito para ter esse filho. A Catarina Vitória nasceu com seis meses, 700g. Os doutores não acreditavam nela, foi um milagre. Antes eu era aquele jogador do Internacional, problemático, hoje é completamente diferente, todo mundo me conhece, pelo trabalho que eu fiz, do meu jeito. Fico chateado quando dizem que o Walter é isso, o Walter é aquilo. Muitas coisas me chateiam. Uma palavra dói mais do que uma porrada. Tem coisas que escuto, se é com outra pessoa, ela se abala. Faz dois, três anos que estou escutando tudo. Teve gente que disse que eu jogaria apenas mais dois anos e depois teria de parar. Isso é loucura – desabafou Walter.


Sem comentários