(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Ao fazer o primeiro na vitória do Fluminense por 2 a 1 sobre o Bragantino, domingo, no Maracanã, Fred chegou a 155 gols, deixou Romário para trás, e se tornou isoladamente o segundo maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro (atrás apenas de Roberto Dinamite, que tem 190). E foi apenas mais uma marca atingida pelo camisa 9 desde o retorno ao Tricolor, em maio do ano passado.

Há um mês, igualou o próprio Baixinho como maior artilheiro da Copa do Brasil. Marcou diante do Atlético-MG e chegou a 36 no torneio.

Já Copa na Libertadores, na qual o Tricolor caiu nas quartas de final diante do Barcelona-EQU, o atacante se aproximou de uma nova marca para sua carreira: ser o maior goleador brasileiro do torneio continental. Com o feito diante dos equatorianos, chegou a 25 gols e está atrás somente de Luizão, que tem 29.

No que diz respeito ao próprio Fluminense, retornou como terceiro maior artilheiroda história e já é o segundo. Superou ainda na disputa da Libertadores, ao marcar duas vezes frente ao Santa Fe (COL), Orlando Pingo de Ouro, que tem 184. Naquele dia, chegou aos 185 e já está com 195. O jogador com mais gols pelo Tricolor é Waldo Machado, com 319 (no período de 1954 a 1961).