Robert não é o único jogador criado a Xerém que está de volta ao Fluminense. O zagueiro Elivélton, que estava emprestado ao Tupi, de Minas Gerais, se reapresentou nesta sexta-feira no Centro de Treinamento Pedro Antonio.

O aproveitamento dos dois pelo técnico Abel Braga, por enquanto, é uma incógnita. O meia tem contrato até 2019 e só poderá ser utilizado na Sul-Americana e Brasileiro, já que atuou pelo Boavista no Estadual e Copa do Brasil.

O contrato de Elivélton termina em junho deste ano. O zagueiro tem 63 partidas como profissional do Fluminense e três gols marcados. Foi titular em 56. Já Robert disputou somente 11 jogos – titular em dois  – e fez dois gols.