Pela segunda vez na mesma edição de Brasileiro, Ramon Abatti Abel prejudicou o Fluminense (Foto: Cesar Greco - Agência Palmeiras)

Mais uma vez na mesma edição de Campeonato Brasileiro, o árbitro catarinense Ramon Abatti Abel prejudicou o Fluminense atendendo a uma solicitação equivocada do VAR. No empate de 2 a 2 com o Cuiabá, segunda, na Arena Pantanal, anulou erradamente gol de Nonato por suposta interferência de Caio Paulista, impedido e caído na área, que deixaria a partida 3 a 1 para o Tricolor no momento. Depois do jogo, Marcão fez críticas e lembrou de seu histórico.

Em empate de 0 a 0 com o Ceará, em São Januário, o árbitro também invalidou um gol do Fluminense, mas de Caio Paulista, que pegou sobra após um zagueiro adversário atacar e cortar mal uma bola, ação que invalidaria seu impedimento.

— Não podemos deixar de falar do lance interpretativo do Ramon. Fez isso no jogo com o Ceará no Rio de Janeiro. Agora hoje de novo, jogador deitado. Temos uma foto importante. O Walter falou que não viu o lance. Ele estava vendo, o Nonato foi esperto, mandou no canto. Agora vamos tentar corrigir os erros para fazer um grande jogo no domingo (frente ao Bragantino) – disse.