(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Como titular e profissional, Marcos Felipe tem na Libertadores a sua primeira competição internacional pelo Fluminense. Mas qual é a grande diferença em relação às locais. Na visão do goleiro, em virtude da qualidade técnica, é preciso estar ainda mais ligado nas partidas.

– A Libertadores é um campeonato que exige muita concentração, é de altíssimo nível, com certeza é diferente de todos os outros campeonatos. Nesses dois jogos, eu procurei me manter o mais focado possível, o mais frio possível, como é meu primeiro campeonato (internacional)… Para demonstrar toda confiança para o grupo – avaliou.

Na temporada passada, Marcos Felipe estava na reserva de Muriel na Sul-Americana. Antes, havia ido com o grupo para a Flórida Cup em 2018.