(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Neste domingo, contra o Red Bull Bragantino, no Maracanã, o goleiro Marcos Felipe reviverá o jogo de sua afirmação no gol do Fluminense, em 2020. Foi exatamente contra o clube paulista, em 30 de novembro de 2020, que o atleta entrou na posição na vaga de Muriel, que pegou Covid-19, e não saiu mais.

Naquela partida, o Fluminense estava repleto de desfalques por conta do coronavírus e empatou por 0 a 0 com o adversário. Marcos Felipe foi o melhor em campo com defesas importantes e que ajudaram o Tricolor a garantir um ponto. Segundo o próprio, daquela atuação em diante, ele ganhou confiança.

– Todo atleta quando faz partidas como aquela com certeza ganha confiança. Sempre procuro ajudar meus companheiros da maneira que posso, seja com defesas ou orientações. Nenhum jogo do campeonato é fácil, temos que respeitar nosso adversário. Nós trabalhamos, treinamos, para que possamos fazer um grande espetáculo e ir em busca dos três pontos dentro da nossa casa. Foi uma experiência marcante em minha carreira. Sempre após derrotas ou eliminações o atleta reflete sobre o que poderia ter feito melhor. Nós lutamos, tentamos fazer tudo o que foi trabalhado, mas as coisas nem sempre saem da forma que nós queremos. Nossa equipe tem totais condições de voltar novamente a competição em 2022 – disse ele.