(Foto: Mailson Santana - FFC)

Wellington já garantiu sua renovação automática, pois bateu a meta de ter sido relacionado em, pelo menos, 60% das partidas. O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, confirmou que a cláusula existe, embora não soube precisar a porcentagem e esclareceu que ela foi feita para proteger o clube. Entenda:

– Essa é mais uma negociação que colocamos uma cláusula sim porque a opção do atleta naquele momento era vir por dois anos, dele e do empresário. Nós não queríamos fazer dois anos fixos. Esse atleta foi um pedido da comissão técnica que e aqui estava, e isso não é uma crítica, pois vem contribuindo conosco. Mas vocês precisam compreender que dentro das contratações que o clube faz, existe a opinião do scout, do diretor, do treinador e da comissão técnica que faz alguns pedidos. Com o atleta tinha um histórico de algumas cirurgias, o nosso departamento nos orientou um contrato de um ano e que colocássemos uma cláusula de performance que se ele estivesse apto a jogar um número X de jogos poderíamos colocar essa cláusula de extensão. Não sei o percentual exato, se ele já atingiu. Mas o fato de ele já ter atingido, porque foi uma cláusula para nos proteger, as negociações estão sempre abertas e ao final do ano analisaremos o contrato, a cláusula, com o jogador e comissão técnica se vamos seguir ou não com o atleta – disse.

O NETFLU está fazendo um react da coletiva neste momento com Leandro Dias e Rafael Siri no nosso canal no youtube: