Mário diz que não seria vice de futebol se tivesse interesse político

Mário diz que não seria vice de futebol se tivesse interesse político

mariobSerá candidato à presidência ou não? Muito se questiona o vice de futebol, Mário Bittencourt, sobre suas supostas aspirações políticas no Fluminense. Defendendo-se das hipóteses quanto as intenções dentro do clube, o dirigente afirmou que seria idiota tentar fazer política num cargo que serve como vidraça. As palavras, ditas na reunião do Conselho Deliberativo da última noite, foram obtidas com exclusividade pelo NETFLU.

– O ano de 2015 não foi bom, mas muito melhor do que as pessoas disseram para usar isso como bandeira política, querendo dizer que o ano do Fluminense foi de racha. Vejo entrevistas do nosso querido ex-patrocinador falando em desastre. Se eu quisesse fazer política, não teria voltado para o clube. Podem dizer que sou tudo, mas não sou burro, não cheguei aqui sendo burro. Sou capaz, inteligente e competente naquilo que faço e me proponho a fazer. Pode perguntar para qualquer analista político do mundo. Se eu tivesse fazendo política sendo vice-presidente de futebol com o clube em reconstrução, estaria sendo idiota. Estou aqui porque sou tricolor e vou ajudar sempre que o clube precisar – destacou.


Sem comentários