Médico diz que jogos matinais não prejudicaram os atletas

Médico diz que jogos matinais não prejudicaram os atletas

CBFA alta temperatura no horário gerou várias reclamações de jogadores, dirigentes e técnicos de equipes que aturam às 11h de domingo, mas, segundo a CBF, não houve reclamações formais dos clubes. A vitória por 3 a 0 do Goiás em cima do Joinville, pela 27ª rodada, chegou a ter 44ºC de sensação térmica no Serra Dourada. Entretanto, segundo Jorge Pagura, presidente da Comissão Nacional de Médicos do Futebol, nenhum jogo no horário representou risco aos atletas. Mesmo com parada técnica nos dois tempos, a CBF entendeu que era o momento de não utilizar mais as manhãs de domingo para marcar seus jogos.

– Pelos resultados obtidos, baseados nos índices internacionais, em nenhum dos jogos houve algum índice que pudesse significar risco aos atletas. Foram mantidos os jogos já programados, das rodadas do dia 4 e do dia 18. Foi estendida a parada médica para hidratação e para o resfriamento dos atletas, mas isso em qualquer jogo que estiver com mais de 28º, de três minutos em cada tempo. Serão só esses jogos às 11h que estão programados. Vamos continuar monitorando de todos os jogos do campeonato – afirma Jorge Pagura, presidente da Comissão Nacional de Médicos do Futebol.


Sem comentários