Junior Sornoza só voltará em três meses (Foto: Nelson Perez - FFC)

Douglas Santos atendeu a imprensa no início da tarde desta terça-feira, no CT Pedro Antonio. O coordenador médico do Fluminense explicou a fratura de Junior Sornoza, confirmou a gravidade do problema e deu uma previsão para que ele volte aos gramados em plenas condições.

Sornoza, como todos sabem, sofreu uma fratura desviada na fíbula, precisou fazer uma cirurgia para colocar o osso onde necessite estar com parafuso para que consolide na posição certa. A cirurgia foi feita ontem (segunda-feira) a noite, bem sucedida, correu tudo bem, Graças a Deus, o osso está certinho, fixado com placa e parafuso, a tendência é que evolua bem. Precisamos esperar consolidar para ele poder começar as atividades, de quatro a seis semanas. Em três meses ele deve estar de volta aos campos, jogando. Depois da oitava semana ele deve começar a treinar – disse Douglas, que complementou:

– É uma lesão grave, mas deve voltar a ser quem ele era antes. No começo, terá algumas limitações, involuntário, terá medo, receio. Mas com o tempo passando, logo nos primeiros jogos mesmo, terá a performance de sempre.