(Foto: Mailson Santana - FFC)

Relacionado para a partida desta quinta-feira, contra o Resende, às 21h, no Maracanã, o meia-atacante Arthur pode bater uma marca na história do Fluminense. Caso entre em campo, será o atleta mais jovem a defender os profissionais do clube.

O moleque de Xerém é nascido em 2005 e completou 16 anos na semana passada. Atualmente, quem tem a marca é Miguel, que em 2019, também com 16 anos, fez sua estreia nos profissionais em jogo contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

Arthur, que já foi convocado pela seleção brasileira sub-17, começará no banco de reservas e dependerá do técnico Ailton Ferraz colocá-lo ou não em campo para atingir o feito.