lbRevelação do Vitória e com passagens por grandes clubes como Fluminense, São Paulo e Cruzeiro, Leandro Bonfim corre o risco de ir para a prisão. O apoiador é acusado de evasão de divisas num total de US$ 490 mil, cerca de R$ 1,08 milhão. A denúncia foi feita pelo Ministério Público Federal.

De acordo com o MPF, Leandro e a empresária Selenide da Silva usaram doleiros para tirar dinheiro do Brasil sem comunicar ao Banco Central e as autoridades fiscais. O esquema teria começado quando o atleta trocou o Vitória pelo PSV (HOL).

– Não há dúvida de que ambos dolosamente mantinham no exterior depósitos não declarados às autoridades competentes, em montante claramente superior ao estipulado pelo Banco Central do Brasil – disse André Batista Neves, procurador da República responsável pelo caso.


A pena prevista é de reclusão de dois a seis anos e multa, podendo ser aumentada de um sexto a dois terços porque o denunciado cometeu o crime repetidas vezes.

Leandro Bonfim atuou pelo Fluminense por apenas quatro meses, entre janeiro e maio de 2009. Disputou 12 jogos e fez um gol. No Rio de Janeiro também passou pelo Vasco.


Sem comentários