Na mira do Senado, Del Nero dá respostas curtas e nega corrupção

Na mira do Senado, Del Nero dá respostas curtas e nega corrupção

del neroO presidente licenciado da CBF, Marco Polo Del Nero, rechaçou ter cometido irregularidades nos primeiros meses de sua gestão na entidade. Em depoimento concedido nesta quarta-feira à CPI do Futebol no Senado, em Brasília (DF), o cartola disse desconhecer o teor das acusações do FBI e negou ter se reunido com seu antecessor, José Maria Marin, e o empresário J.Hawilla, um dos pivôs dos escândalos de propina na comercialização de direitos de transmissão de competições:

– Nunca estive reunido com Marin e Hawilla. Essas gravações que constam no FBI não podem ser verdadeiras.

Questionado sobre seu contato com Kleber Leite, Del Nero foi sucinto:

– Apenas o conheço. Temos contratos com a Klefer que foram para o departamento jurídico. Não tenho ciência de que a empresa foi autuada. Temos que cumprir o contrato.


Sem comentários