Wilson Seneme falou sobre estudos feitos pela entidade sul-americana (Foto: Reprodução)

O Campeonato Brasileiro terminou na última quinta-feira. Apesar do advento da tecnologia no esporte, muita discussão em torno do uso do VAR tomou conta dos noticiários.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, no Centro de Treinamentos Carlos Castilho, na Barra da Tijuca, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, comentou a cerca do árbitro de vídeo.

– Não considero o VAR um inimigo. É uma tecnologia que veio pra ajudar. A minha contestação é com os critérios usados com a tecnologia. Com relação ao Campeonato Carioca, jogar três ou quatro vezes um clássico num mesmo campeonato ele torna o clássico sem importância. Segunda coisa, eu acho que pode evoluir um pouco mais a minha defesa que a final seja em jogo único. O jogo único dá mais chances a quem tem menos investimento e ao mesmo tempo torna o jogo como o jogo do campeonato. Sobre a transmissão, a gente vai poder vender o pacote pela nossa plataforma de streamer. Vamos ter um aplicativo que vão passar os jogos. E os jogos de outros clubes também serão vendidos pelo aplicativo – disse.