(Foto: Lucas Merçon/FFC)

Logística complicada, desgaste e superação. O Fluminense conseguiu vencer o cansaço e fez jogo duríssimo com o Junior Barranquilla, no Equador, depois do governo colombiano impedir a realização da partida em seu solo.

Para o técnico Roger Machado, devido ao cenário, os jogadores teria motivos para justificar um possível insucesso, mas foram atrás dos pontos na competição.

– Frisei aos atletas que nós poderíamos ter todas as desculpas e explicações caso tivéssemos um mau resultado, mas não queríamos levar desculpas, e sim pontos. Conseguimos um ponto importante que pode ser decisivo na parte de cima da tabela – afirmou.