“Não sabemos onde vamos jogar”, confessa dirigente tricolor

“Não sabemos onde vamos jogar”, confessa dirigente tricolor

Jackson Vasconcelos  é o superintendente geral do Fluminense

O Fluminense está temporariamente “desabrigado”. Com a indefinição quanto ao estádio onde mandará seu jogo pelas quartas de final da Copa Libertadores, a diretoria se vê sem saída.

 
– O último jogo com lugar certo foi contra o Emelec. A partir de agora, ainda não sabemos onde jogar – admitiu Jackson Vasconcellos, superintendente geral do clube.

 
Juiz de Fora, Brasília e São Luís são algumas das possibilidades para receber a partida do Fluminense na competição sul-americana.

 
O drama tricolor só acabará quando o Maracanã for entregue ao consórcio vencedor da licitação. O Fluminense ja´tem um pré-acordo com a empresa de Eike Baptista, Odebrecht e AEG.