(Foto: Lucas Merçon/FFC)

O Fluminense enfrenta o Antofagasta (CHI), nesta quinta-feira, às 19h15 (de Brasília), no Estádio Regional Calvo y Bascuñan, pelo jogo da volta válido pela primeira fase da Copa Sul-Americana. Após empatar no jogo de ida, no Maracanã, o Tricolor luta por uma vaga na segunda fase fora de casa. Se depender do histórico recente, a torcida pode ter um bom pressentimento para o duelo desta noite.

Nas seis últimas vezes em que o Fluminense decidiu uma classificação fora do Brasil, o Tricolor voltou para casa com a vaga na bagagem. Em 2017, o Flu eliminou o Liverpool (URU), Universidad Católica (EQU) e LDU (EQU), enquanto em 2018 deixou pelo caminho o Nacional Potosí (BOL), Defensor (URU) e Nacional (URU).

No jogo de ida, Fluminense e Antofagasta empataram sem gols, no Maracanã. Em caso de nova igualdade com zero no placar, a decisão será nos pênaltis. O Tricolor joga por um empate com gols ou qualquer vitória para garantir a classificação à segunda fase da Copa Sul-Americana.

Sul-Americana de 2017:

1ª fase – Liverpool (URU): Apesar da derrota por 1 a 0, o Flu avançou pois havia vencido por 2 a 0 na ida.
2ª fase – Universidad Católica de Quito (EQU): Depois de vencer por 4 a 0 no Rio, o Flu triunfou novamente por 2 a 1 fora.
Oitavas – LDU (EQU): Mesmo com o revés por 2 a 1 em Quito, o Flu avançou pelo gol marcado fora, pois tinha vencido por 1 a 0 na ida.

Sul-Americana de 2018:

1ª fase – Nacional Potosí (BOL): A derrota por 2 a 0 em Potosí não foi suficiente para tirar a vaga do Flu, que havia vencido por 3 a 0 na ida.
2ª fase – Defensor (URU): Depois de derrotar o time uruguaio por 2 a 0 em casa, o Flu venceu também fora, por 1 a 0.
Quartas – Nacional (URU): O Flu foi buscar a classificação fora de casa após empatar por 1 a 1 no Rio e venceu por 1 a 0, em Montevidéu.