Nathan teve fase mais artilheira no Atlético-MG sob o comando de Sampaoli (Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC)

Um dos principais nomes do Fluminense para a temporada de 2022, Nathan foi mais um reforço que já havia sido apresentado pelo clube e participou de entrevista coletiva no CT Carlos Castilho.

Com apenas 25 anos, o meia já teve passagem pelo futebol europeu entre 2015 e 2018, quando foi comprado pelo Chelsea junto ao Athletico-PR. No velho continente, o camisa 13 do Flu não chegou a atuar no futebol inglês e foi emprestado para o Vitesse (HOL), Amiens (FRA) e Belenenses (POR), antes de retornar ao Brasil para jogar no Atlético-MG.

Na coletiva, o atleta falou sobre seu tempo de Europa e afirmou que evoluiu taticamente, além de ter aprendido a atuar em outras posições.



— Isso me fez crescer muito taticamente. No ano passado atuei em várias posições. Quando o jogador vai cedo para fora, ele tem um trabalho detalhado, como tive. Aprendi a jogar de volante, nas pontas também. Cria uma educação de posicionamento muito grande. Por mais que eu seja novo, consigo dar uns toques durante os jogos que podem facilitar. Eu aprendi muito lá fora.