Empolgação no futebol é um sentimento tão gostoso quanto perigoso. Mas é difícil falar para o torcedor do Fluminense não ficar animado quando vê a sua equipe vencendo e convencendo. Quem tem que lamentar é o Cerro Porteño que, além da derrota por 2 a 0 ontem, no Nueva Olla, em Assunção, no Paraguai, viu o tricolor colocar um pé nas quartas de final. Destaque para Nenê, que foi o autor do primeiro gol tricolor na vitória.

Segundo o O Globo, o atleta se tornou o jogador mais velho (39 anos e 359 dias) a fazer um gol em mata-mata de Libertadores. Ele superou Carlos Angel López que marcou com 38 anos e 281 dias na oitavas de final da Libertadores de 1991, pelo Bolívar.

O jogo da volta entre as equipes será na semana que vem, no Maracanã. Por ter vencido por dois gols de diferente, Flu pode até perder por um gol que garantirá a classificação às quartas da competição.