Nino aposta que quem for a campo representará bem o Fluminense (Foto: Mailson Santana - FFC)

De olho na Libertadores, o Fluminense terá uma equipe praticamente reserva contra a Portuguesa, domingo, no Luso Brasileiro, pela ida da semifinal do Campeonato Carioca. Mas Nino não considera isso uma vantagem para o adversário.

O zagueiro tricolor destacou a experiência da equipe e a capacidade de dividir o foco entre diferentes competições.

— Não vejo vantagem. Vejo nosso time focado e concentrado. Estamos acostumados a essa mudança de foco, virar a chave. Não é a primeira vez que vivemos isso de estar em mais de uma competição. Vejo nosso grupo forte, o que dá tranquilidade, porque quem entrar vai entrar bem, disposto a fazer o seu melhor. E também já jogamos em campo que não era o nosso habitual e nos habituamos. Muitos jogadores no passado participaram de jogos em que o mando de campo não era dos melhores e se adaptaram. Isso não é desculpa. Temos de nos adaptar o mais rápido possível – disse.