No banco, Walter diz prestar muita atenção para entrar bem

No banco, Walter diz prestar muita atenção para entrar bem

Walter não fica de bobeira no banco de reservas (Foto: Photocamera)
Walter não fica de bobeira no banco de reservas (Foto: Photocamera)

Quando está no banco de reservas nos jogos do Fluminense, Walter garante não ficar de bobeira. O atacante fica é prestando atenção nas características da equipe adversárias, erros de posicionamentos de jogadores de outros times para, quando for chamado, poder entrar e fazer a diferença em favor do Tricolor.

– Eu quando estou no banco de reservas, quando vou para aquecer, para entrar em jogo, fico imaginando na cabeça que vou entrar e tentar fazer um gol, ajudar a equipe, dar um passe para um companheiro marcar, que é igual a fazer um gol para mim. Fica tudo na minha cabeça. Estou no banco, mas fico olhando o time deles, vendo os erros, onde o zagueiro está errando. Tudo é concentração, porque tem vezes que o jogador está no banco de reservas e não concentra igual àqueles que estão jogando. Os 18 que vão para o jogo tem chance de entrar e mudar o jogo. É isso que tento passar – disse.


Sem comentários