No dia do Golpe de 1964, Flu defende a democracia nas redes: “Ditadura nunca mais”

Tricolor se manifestou contra a ditadura em seus perfis oficiais

No dia do aniversário do Golpe Militar de 1964, o Fluminense utilizou suas redes sociais para se manifestar contra a ditadura e defender a democracia no país. O clube valorizou a importância de se ter voz ativa e mandar no próprio destino.

De 1964 a 1985, o Brasil passou por um período de ditadura, onde os militares assumiram o poder após derrubarem o governo de João Goulart Jango, em 31 de março de 1964.

Confira a postagem: