Cerca de 10.200 uniformes foram roubados do CT do Fluminense

Ousadia sem tamanho. Depois do roubo de 10.200 unidades de camisas da Adidas, no terreno onde será o centro de treinamentos do Fluminense, na Barra da Tijuca, avaliadas em mais de R$ 2 milhões, a polícia já teria identificado, pelo menos, dois suspeitos: um deles é ligado a uma torcida organizada e outro seria funcionário do clube, influente num grupo político das Laranjeiras. Contudo, mesmo com a notoriedade e publicidade do delito, há quem continue desafiando as leis.

Anúncio foi deletado no mesmo dia, após número ter vazado para torcedores do Fluminense, que ficaram revoltados, nas redes sociais (Foto: Reprodução OLX)
Anúncio foi deletado no mesmo dia, após número ter vazado para torcedores do Fluminense, que ficaram revoltados, nas redes sociais (Foto: Reprodução OLX)

Na última segunda-feira, uma mulher que se identificava como Janaína postou um anúncio no site OLX, oferecendo a camisa por R$100. Questionada através do bate-papo privado do próprio site sobre a originalidade da camisa, ela mandou um número de telefone e pediu para adicioná-la no whatsapp. Antes, explicou que o valor abaixo de mercado era devido ao fato de a Adidas não ser mais a fornecedora de materiais esportivos do Fluminense. Como no anúncio apareciam fotos, também, de outras camisas, fora necessário adicionar a meliante para a confirmação de que se tratava do produto usurpado, recentemente, do Fluminense.

Conversa através do OLX, um dos maiores portais de anúncios do Brasil (Foto: Reprodução Internet)
Conversa através do OLX, um dos maiores portais de anúncios do Brasil (Foto: Reprodução Internet)

Conver - OLX 2Conver - OLX 3Após ser adicionada no Whatsapp, Janaína, como se identifica a vendedora, mostrou fotos reais do produto roubado. Confira:

converMesmo apagados, os anúncios têm ressurgido regularmente. O foco, principalmente, Bonsucesso, na comunidade do Parque União, embora o município de Duque de Caxias também apareça na descrição de vários anúncios. O último anúncio identificado até o fechamento desta matéria oferecia o uniforme por R$90. As autoridades policias estão cientes e acompanham de perto os passos dados pelos criminosos, apesar de ainda não ter ocorrido nenhum prisão.

Importante frisar que nenhuma camisa foi adquirida pelo NETFLU.

 

anu cami 2 - outro