Washington é um dos que moveu ação contra o Flu (Foto: Reprodução do Facebook)

Celso Barros já adiantou grande parte dos nomes que comporão o departamento de futebol do Fluminense se for eleito neste sábado presidente do clube. Entretanto, dois deles moveram ações contra o Tricolor na Justiça: o ex-atacante Washington e Alcides Antunes.

O ex-vice de futebol (e futuro, caso Celso seja eleito), pede R$ 1.054.771,54 na 43ª Vara Cível. Já recebeu cerca de R$ 900 mil. Com duas passagens pelas Laranjeiras, o Coração Valente move dois processos na 69ª Vara da Justiça do Trabalho. Somam pouco mais de R$ 1.150.000 — mas ainda estão em fase de recurso.

Já Deco, que não fará parte da gestão, mas deve auxiliar na captação de atletas espera o Fluminense lhe pagar os R$ 954.080,30 que cobra na 38ª Vara Cível.


Para o comando do futebol, o médico prometeu Abel Braga como técnico. Este não cobra nada, mas já o fez. E foi devidamente pago: em outubro, o Tricolor quitou a última parcela de indenização e multa rescisória que lhe devia.