Norte-americanos se encantam com o Fluminense

Norte-americanos se encantam com o Fluminense

Os irmãos Mark e Kurt. Foto: Rafael Cavalieri

Cerca de 50 pessoas assistiram ao jogo-treino do Fluminense contra o sub-23 do Orlando City. Embora frustradas pela ausência de Fred, único jogador que conhecem, se entusiasmaram com o futebol apresentado pelo atual campeão brasileiro. Titulares e reservas do Tricolor golearam o Orlando por 7 a 1.

Os comentários variavam: “Alguém sabe o nome do camisa 23?”, “Realmente os brasileiros são mais habilidosos”, “Olha a batida na bola. Temos muito o que aprender”… Mas a frase em comum era uma só: “Onde está o Fred?”.

– É muito legal ver o Fluminense. Servem como fonte de inspiração. Acho futebol muito legal e sonho em fazer isso o resto da vida. Mas sinto a falta do Fred. É o único que eu conheço – disse Kurt, de nove anos.

Seu irmão, um pouco mais tímido, também queria ver o artilheiro tricolor.

– A gente já viu alguns lances dele pela internet, mas infelizmente ele está com a seleção – disse Mark, de seis anos.