(Foto: Nelson Perez - FFC)

Pela segunda vez em menos de três meses, os funcionários do Fluminense tiveram seu plano de saúde cortado por falta de pagamento por parte do Tricolor. O NETFLU entrou em contato com o clube, que por meio de sua assessoria institucional confirmou a nova pendência com o plano de saúde e afirmou que tentará resolver a questão até o fim de semana.

– O Fluminense confirma o atraso e avisa que está trabalhando ininterruptamente para regularizar o quanto antes. Se possível antes do fim da semana. As situações emergenciais estão sendo tratadas caso a caso e nenhum funcionário ficará sem atendimento – explicou a assessoria.

A dificuldade em honrar seus pagamentos tem sido recorrente no clube. Além dos salários dos atletas, vale lembrar que o Tricolor teve problemas com a empresa Sanatto, que presta serviços de limpeza ao clube e em julho desse ano ameaçou não liberar a ida de seus funcionários para a sede do Tricolor.