Para os supersticiosos o número 7 é considerado cabalístico. E quem será que leva o título carioca em 2017? O campeão só será conhecido daqui a algumas semanas, mas qual clube erguei mais troféus nos anos que terminaram em 7? O blog “Memória E.C”, do site Globoesporte.com, fez um levantamento.

O Carioca de 1907 foi o da primeira polêmica, tanto que o título está dividido até hoje, entre Fluminense e Botafogo. Como na época o desempate se dava pelo saldo de gols, o Fluminense já havia terminado sua participação na liderança. Entretanto, como a extinta Associação Athletica Internacional não compareceu ao jogo, o Botafogo obteve os pontos, mas não pôde fazer gols. Com isso, tricolores e alvinegros ficaram empatados em 10 pontos, mas o saldo de gols do Fluminense era superior ao do Alvigro: 10 a 5. Na época, o Tricolor foi declarado campeão, mas nos anos 90, a Federação do Rio dividiu o título.

Em 1917, o Flu foi campeão, antes de ser bi em 1918 e tri em 1919. E em 1937, o tricolor foi bi, antes de ser tri em 1938. Foi a última vez em que o Fluminense foi campeão num ano terminado em 7. Veja todos:


Botafogo:

1907 (dividido com o Fluminense) –  Álvaro, Raul e Werneck; Viveiros, Norman Hime e Lulu; Ataliba Sampaio, Flávio Ramos, Canto, Gilbert Hime e Emmanuel Sodré.
1957 –  Adalberto, Thomé e Nílton Santos; Beto, Servílio e Pampolini; Garrincha, Didi, Paulinho Valentim, Édson e Quarentinha
1967 – Manga, Paulistinha, Zé Carlos, Sebastião Leônidas e Waltencir; Carlos Roberto e Gérson; Rogério, Roberto, Jairzinho e Paulo Cézar.
1997 –  Wágner, Wilson Goiano, Jorge Luiz, Gonçalves e Jefferson; Marcelinho Paulista, Pingo, Djair e Aílton (Marcelo Alves); Bentinho e Dimba (Róbson).

Flamengo:

1927 – Amado, Hermínio e Helcio; Benevenuto, Seabra e Rubens; Cristolino (Nilton), Vadinho, Fragoso, Nonô (Frederico) e Moderato
2007 – Bruno, Ronaldo Angelim, Jailton (Claiton) e Irineu; Léo Moura, Paulinho, Juan, Renato e Renato Augusto; Roni e Souza.

Fluminense:

1907 (dividido com o Botafogo) –  Waterman, Victor Etchegaray e Salmond; J. Leal, Buchan e Gulden; Oswaldo Gomes, Edwin Cox, E. Reidy, Emilio Etchegaray e Félix Frias.
1917 – Marcos Carneiro, Vidal e Chico Netto; Laís, Oswaldo e Fortes; Celso, Zezé, Harry Welfare, Machado e Moraes
1937 – Batatais, Moysés e Machado; Santamaria, Brant e Orozimbo; Sobral, Sandro, Romeu, Tim e Hércules

Vasco:

1947 – Barbosa (Barcheta), Augusto e Rafanelli (Wilson);Eli, Danilo e Jorge; Djalma (Nestor), Maneca, Dimas (Friaça), Lelé (Ismael) e Chico.
1977 – Mazzaropi, Orlando (Fernando), Abel, Geraldo e Marco Antônio; Zé Mário, Zanata (Paulo Roberto ou Helinho) e Dirceu (Guina ou Zandonaide); Wilsinho (Fumanchu), Roberto Dinamite e Ramón (Paulinho).
1987 – Acácio, Paulo Roberto, Donato, Fernando (Moroni) e Mazinho (Lira ou Pedrinho); Dunga (Henrique), Geovani (Luís Carlos) e Tita (Humberto); Mauricinho (Vivinho),Roberto Dinamite e Romário.