As novidades na Copa Libertadores, a partir de 2017, não se restringirão ao calendário. O número de participantes também aumentou. Passou de 38 para 42 clubes. A quantidade de times de cada país será definido dentro de três semanas em uma reunião do Conselho da Conmebol, ex-comitê executivo, informou o jornal paraguaio ABC Color.

A Libertadores será disputada entre fevereiro e novembro.  Dez clubes que não avançarem às oitavas de final da competição terão a oportunidade de seguir na Copa Sul-Americana, algo similar ao que acontece na Europa, com a Liga dos Campeões e a Liga Europa.

– Depois de uma análise criteriosa das necessidades e características próprias do futebol sul-americano, decidimos adotar o calendário anual para a Libertadores. Por muito tempo os clubes tiveram que escolher entre o campeonato local e os torneios continentais, e isso afeta a qualidade de ambas as competições. Essa mudança nos permitirá melhorar o desempenho esportivo nos torneios nacionais, proteger os jogadores e, além disso, potencializar a qualidade de jogo das copas continentais – afirmou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, em comunicado.